Tour Rock Brasil Blumenau SC – Banda Vlad V – Entrevista 121

julho 10, 2018, 3:21 pm

compartilhe
compartilhe

Pioneiro do rock no sul do Brasil, VLAD V – fundado e liderado por JEAN CARLO (guitarra/vocal/flauta/composições) – foi influenciado pelo rock dos anos 70.

VLAD V – A Força do Rock Catarinense

Pioneiro do rock no sul do Brasil, VLAD V – fundado e liderado por JEAN CARLO (guitarra/vocal/flauta/composições) – foi influenciado pelo rock dos anos 70, com elementos que vão do heavy metal ao progressivo, do folk à MPB, passando pelo Blues e Rock Clássico. A banda iniciou sua trajetória em Blumenau-SC no final da década de 80, e conta com um trabalho autoral de respeito, reconhecido internacionalmente que perfaz sete álbuns de estúdio lançados, mais duas coletâneas e um público fiel acompanhando a banda desde o início da carreira. A qualidade das composições, aliada as letras em português é o diferencial do VLAD V que prepara para este ano seu oitavo álbum. Atualmente a banda conta com PABLO DEMARCHI no baixo, FLAVIO THEYLACKER bateria (integrante do VLAD V desde a gravação do clássico álbum A ESPADA E O DRAGÃO – 1997).

Atualmente o Vlad V está gravando composições inéditas para um novo disco, que deve ser lançado em 2017. Você já pode acompanhar pelo Youtube e site o clipe de duas composições que estarão nesse novo trabalho, chamadas “Dia Vagabundo” e “Stratovladis”.

História

A primeira aparição da banda foi no festival Blumenália, no ano de 1986 na cidade de origem da formação, em Blumenau. Com a repercussão causada, foram considerados revelação do Festival pelos jornais da época. Decidem encarar a música com maior seriedade e com isso passam a abrir caminho numa época em que a cena do Rock apenas engatinhava no estado.

Em outubro de 1988 foi gravanda a música Entre as Nuvens, com Jean Carlo guitarra/voz, Kiko (Jurandir Camilo) baixo/vocais e Kaneka (Mario Krautzfeld) bateria/vocais. A música entra na programação das rádios, sendo uma das mais pedidas no ano que se seguiu. O sucesso foi tão grande que Entre as Nuvens é presença garantida no repertório da banda até os dias de hoje.

No ano de 1992 Jean Carlo se muda para São Paulo com Sapo (Osni Neumann) na bateria e Chaleco (Charles Mogck) no baixo. Participam do programa da MTV “Fúria Metal” com o VJ Gastão Moreira, além de se apresentarem em importantes casas noturnas como “Black Jack”, “Café Piu-Piu”, “Café Pedaço”, “Aeroanta”, “Britania”, entre outras, com excelente repercussão de público e crítica.

De volta a Blumenau, em 1993, Jean Carlo grava o primeiro LP Vlad V com músicos de estúdio. Foi um dos primeiros discos de Rock em Santa Catarina na época, o que fez com que a repercussão aumentasse principalmente com as ótimas críticas da mídia especializada. No ano seguinte entra o baterista Flávio Theilacker, membro da banda e parceiro de Jean Carlo até os dias de hoje.

Em 1997 Vlad V grava seu segundo disco – A Espada e o Dragão, agora com os integrantes Jean Carlo guitarra/flauta/voz, Flávio Theilacker bateria, Doriga (Jairson Dorigatti) teclados e Humberto Klitzke baixo. Este álbum rendeu ao Vlad V na época, o título de “Rush brasileiro” no comentário de Fernando Souza Filho pela Revista Rock Brigade. Com esse disco o Vlad também foi pioneiro no formato digital e conseguiu repercussão na mídia especializada de países como Bélgica, Holanda, França, Finlândia e Japão. Aqui, definitivamente, se firmaram não só como a maior banda do cenário Underground Catarinense, como uma das maiores do sul do país e foi considerada por muitos órgãos especializados em Rock como a melhor banda do Brasil, especialmente no segmento Hard Rock Progressivo.

Em novembro do mesmo ano, sai de cena Humberto Klitzke e o baixista passa a ser Cláudio Reiff, e a partir de então o Vlad V entra na fase mais estável da banda e passa a trabalhar em seu terceiro disco – O Quinto Sol – lançado ao final de 1999, com elementos que vão do Folk à MPB, do Hard Rock ao Progressivo passando pelo Blues, o diasco é recheado de flautas, violões, bandolins e guitarras pesadas. Nessa fase, a banda investe ainda no progressivo e Jean Carlo passa a se dedicar mais à flauta.

Em 2002 com a mesma formação, sai Vlad V – Vol. IV, “Reinando no Sul” Rock Brigade (Ano 21, nº195). Álbum que consagra a trajetória da banda, e conta com a participação do grande nome do blues nacional Celso Blues Boy, na canção “Doce Lar dos Malucos”. Além das clássicas composições autorais “Cavaleiros na Paisagem”, “Plantar Colher” e “Vento Sul”, o disco ainda traz versões de “Thick as a Brick/My God/Heavy Horses” – Jethro Tull e uma inusitada versão com flautas para a música “Move Over” de Janis Joplin. Disco onde Jean demonstra todo seu virtuosismo como muiti-instrumentista, arranjador e compositor.

No ano de 2005 Vlad V lança um disco acústico primoroso, puxado pelas flautas “Viagens Acústicas” traz canções inéditas como “As montanhas do Sul” e também versões acústicas para clássicos da banda como “Entre as nuvens” e “Doce lar dos Malucos”, além de versões que faziam parte das apresentações ao vivo da banda como “Mercedes Benz (Janis Joplin, onde Jean aproveita seu vocal rasgado e potente) “Locomotive Breath” (Ian Anderson Jethro tull). O disco é muito bem recebido por público e crítica. Na época contou com a seguinte formação: Jean Carlo: Flautas, voilões, harmõnica, bandolin e vocais. Flavio Theilakcer: Bateria. Claudio Reif: Baixo e Beto Luciani: Violão.

Em 2006 mais uma mudança de formação, sai Beto Luciani e assume seu lugar Pablo Demarchi no violão base. No ano seguinte sai o CD Siga o Som. Um disco onde Jean Carlo revela-se como um exímio flautista e mescla com maestria elementos da MPB às guitarras pesadas do Rock’Roll.

No final de 2008, sai de cena Cláudio Reiff, depois de uma contribuição de mais de onze anos, e entra Klauss Tofanetto no baixo. Vad V agora como um trio, passa a basear seu som novamente no Rard Rock. Para celebrar este momento, lançam a coletânea “Longe do Fim” e em 2009 vão para o estúdio gravar o CD “Na Casa do Rock”. Este disco traz três composições inéditas, que é onde as guitarras falam mais alto “Medo nas Ruas”, “Ouça os Anjos” e “Instrumental”. Conta também com covers/versões de nomes que influenciaram a banda desde os primórdios, como: “Led Zeppelin”, “Rush”, “Jethro Tull”, “Deep Purple” e “Black Sabbath”.

Em julho de 2015 Vlad V estréia nova e atual formação com um velho amigo e conhecido dos fãs da banda, Pablo Demarchi assume o baixo, e garante a cozinha ao lado de Flavio Theilacker. Para o próximo disco, que está previsto para 2017, os fãs podem esperar guitarras potentes e inspiradas, riffs e grooves marcantes e principalmente a maior qualidade das composições de Jean e seus companheiros que é a soma das várias vertentes musicais ao Rock’Roll.

Contato:  (47)99968 8691

Agradecimentos:

Charles Tattoo- Araucária-PR

Sokulski Parque Hotel – Araucária-PR

Expresso Curitiba Hostel – Curitiba-PR

92 Graus The Underground Pub – Curitiba-PR

Curitiba Backpackers Hostel – Curitiba-PR

Casa Verde Beer Bar – Curitiba-PR

Clássico Music Pub – Curitiba-PR

Hotel Guarany – Canoinhas-SC

Sushi Yume – Canoinhas-SC

Center Som – Canoinhas-SC

Empório da Beleza -Lapa-PR

Pousada Tropeira -Lapa-PR

Restaurante O Casarão -Lapa-PR

Hotel Rio Negro – Rio Negro- PR

Manna’s Pizzaria & Sorveteria – Mafra- SC

Box 39 – Mafra-SC

Senff – Mafra-SC

Susin Hotel – Mafra-SC

Acústica Musical – Rio Negro- PR

Pizzaria Gente Nossa – Guarapuava-PR

Pousada Vollweiter – Entre Rios-PR

Hotel Estrela – Imbituva-PR

Comida Caseira – Imbituva-PR

Hostel da Maria – Ponta Grossa-PR

Prêmio Vila Velha Hotel – Ponta Grossa-PR

Solar 63 Hostel – Porto Aelegre-RS

Aloha Tattoo – São Paulo-SP

Iron Case – São Paulo-SP

Daniel Tattoo studio – Três Barras-SC

Prefeitura de Canoinhas – SC

Konsertek – Canoinhas – SC

Mercure Hotel Jaraguá do Sul

Pousada Garcia – Schroedr SC

Destino Viagens & Hostel – Corupá – SC

Prefeitura de Rio Negrinho – SC

Fundação de Cultura de Rio Negrinho – SC

Metarlugica Phoenix – Rio Negrinho – SC

Jornal Gazeta – Rio Negrinho – SC

Jornal Perfil – Rio Negrinho – SC

Magos Bar – Rio Negrinho – SC

Hotel Tank – São Bento do sul – SC

Jornal Gazeta – São Bento do sul – SC

Jorjitsu – Meu sushi – São Bento do sul – SC

Hotel Venturi – Itaiópolis-SC

Hotel Sonaglio – Papanduva-SC

Drei Herzen Cerveja Artesanal

Hotel Ibis Blumenau-SC

Polpetta – Blumenau-SC

Pop- UP – Pomerode – SC

J.E Studio Arte Tattoo - Pomerode – SC

Comentários

Deixe um comentário