Hotel Mares do Sul patrocinador do Tour Rock Brasil em Tramandaí-RS

novembro 18, 2018, 1:44 am

compartilhe
compartilhe

maresdosulO Hotel Mares do Sul está aberto o ano todo para receber você e sua família com conforto e comodidade para tornar as suas férias momentos inesquecíveis.

Disponibilizam de quartos aconchegantes e um café da manhã delicioso para começar o seu dia aproveitando o máximo o que a praia pode te proporcionar.
Tem piscina térmica, espaço fitness, espaço kids, estacionamento coberto e internet wi-fi em todos os ambientes.

Conforto e praticidade

Situado em local nobre da cidade, no coração de Tramandaí, o Mares do sul Hotel oferece a melhor localização para viagens de negócios e lazer. Você encontrará tudo o que precisar numa gostosa caminhada, instituições financeiras, escritórios comerciais, shopping, lojas, restaurantes e bares.

Sustentabilidade e o Mares do Sul Hotel

O Mares do Sul Hotel se preocupa com o meio ambiente buscando a preservação dos recursos naturais através da utilização de energia limpa e renovável o SOL, para o aquecimento da água. Utilizamos placas solares, aquecedores para piscina e caldeiras em inox. Por meio de tecnologia avançada nós do Mares do Sul Hotel ajudamos a preservar o meio ambiente.

Localização

Com uma localização privilegiada, junto ao centro econômico e de lazer do município, e a poucos minutos do mar o Mares do Sul Hotel é o local ideal para sua hospedagem, seja a lazer ou a negócios.

A facilidade de acesso, mesmo na alta temporada, torna o Mares do Sul Hotel propício para seu evento ou convenção.

Contato:

Telefone - (51) 3661.3103
Telefone - (51) 3661.1478
E-mail – maresdosulhotel@terra.com.br
http://maresdosulhotel.com.br
https://www.facebook.com/maresdosulhotel/
Mares do Sul Hotel
Rua Sahydi Abrahão, nº 391
Centro, Tramandaí/RS
História da Cidade de Tramandaí-RS

Com a revisão do Tratado de Tordesilhas as terras do Sul do país passaram para os portugueses. Em l680, cria-se a Colônia do Sacramento para garantir o direito de posse destas terras. A sobrevivência do território dependia de Laguna e o direito entre estes dois pontos era feito através do litoral.

Começa o desenvolvimento do gado, das charqueadas e extração do ouro. Depois de 1700, intensifica-se o caminho dos tropeiros. Surgem os primeiros rincões e invernadas de tropas.

Tramandaí transforma-se em caminho de aventureiros em demanda das possessões espanholas, os bandeirantes que vinham aprisionar índios, jesuítas espanhóis e portugueses, soldados que passavampara a Colônia do Sacramento, etc.

O rio Tramandaí ficou conhecido porque oferecia obstáculo natural a todos que por aqui passavam. O povoado de Tramandaí, oficialmente inicia-se em 26 de outubro de 1732, quando Manoel Gonçalves Ribeiro recebe a 1ª Sesmaria do Estado no local chamado “Paragem das Conchas”.

O nome do povoado deve-se ao rio que era notável por sua piscosidade. Tramandaí inicia-se às margens do rio, com ranchinhos de palha que os pequenos pescadores erguiam para a temporada de pesca. Depois, passaram a se fixar aí pela abundância do pescado. Mais gente chegava de Laguna. Também pequenos agricultores da região estabeleceram-se aqui como comerciantes, porque nesta época, 1906, Tramandaí já era procurada como balneário. Havia aproximadamente 80 casas. Dois hotéis já funcionavam durante o verão: Hotel Saúde e Hotel Sperb. A economia passa a girar em torno da pesca e do veraneio.

Em 1908 é construída a primeira capela de Tramandaí, Nossa Senhora dos Navegantes.

Melhorando a via de acesso ao Litoral com a construção da estrada em 1939, a cidade começa a se desenvolver, recebendo grande impulso quando a Petrobrás inaugura o TEDUT nesta região, em 1968. A emancipação político-administrativa de Tramandaí aconteceu em 24 de setembro de 1965, quando Tramandaí emancipou-se do município de Osório.

Com a pesca escasseando e sentindo-se a necessidade de novas habitações para todos que procuram essa praia para o lazer e descanso, a economia passa a girar em torno de nova fonte de renda: a construção civil.

Tramandaí se modifica: mesmo na época de inverno, bares e restaurantes abrem suas portas à noite, o que antes não acontecia.

Hoje, Tramandaí vive duas vidas distintas: a de verão, atendendo e acolhendo milhares de veranistas, oferecendo seu lado de lazer, programações intensas e a de inverno, para aqueles que procuram momentos saudáveis e tranquilos à beira mar.

Tramandaí, a origem do nome é tupi-guarani, aparece em documentos antigos com diversas grafias: Taraman, Tramandi, Termandi, Tramando, Taramandahy, Tamandatay – Tramandahy.

Possíveis significados: Rio dos meandos (sinuoso); Rio roedor (havia muita capivara e ratão do banhado); lugar onde se cerca para colher (pescar com redes).

Referências Bibliográficas: Livro- Tramandaí Terra e Gente – 2ª Edição/1986-Pallotti – Produção Editorial: AGE- Assessoria Gráfica Editorial Ltda. Autoras: Leda Saraiva Soares e Sonia Purper.

 

Aspectos Geográficos

Tramandaí situa-se no Litoral Norte do Estado do Rio Grande do Sul/Brasil
Extensão de praia: 12km
Altitude: 1,80m
Longitude: 50º07’50”O
Latitude: 29º56’30”S
Área do Município: 143,57km2
Distância da Capital:  118km
Vias de acesso:  BR 290 ,BR 101, RS 30, RS 786, RS 389.

Aspectos climáticos e pluviométricos

O clima regional é controlado por massas de ar tropical. A temperatura oscila entre as médias de 22 a 35ºC nos meses mais quentes(verão), e entre 3-18ºC no inverno.
Hidrografia

O rio Tramandaí estabelece uma comunicação entre a lagoa e o mar, ou melhor, a comunicação se forma e o lago se estreita acima do ponto onde o rio deita suas águas.
As lagoas do Armazém e Tramandaí formam o estuário de Tramandaí, elas não são profundas. A Lagoa Tramandaí tem praias arenosas(ao sul), banhados(margem leste) e restingas(a sudoeste). Liga-se ao Atlântico por um canal que foi regularizado pela barra de Tramandaí. Esta lagoa recebe as águas do rio Tramandaí(pelo norte) além do rio dos Camarões, este não é mais do que um canal de ligação entre esta última e a lagoa das Custódias.
Topografia

Planície com comoros e dunas junto à costa marítima, lagoas de água salgada, doce ou saloba, com córregos e canais; lençol freático alto.
Flora

Em estudos feitos em nosso município, identificou-se espécies da flora nativa ou adaptáveis ao clima, nas quais dividiu-se em: frutíferas, ornamentais e mata nativa.

Frutíferas: abacateiros, abacaxizeiros, ameixas de cacho, amendoeiras, amoreiras, araçazeiros, bananeiras, bergamoteiras, figueiras, goiabeiras, ingazeiros, jambolões, laranjeiras, limoeiros, mangueiras e maracujás.

Ornamentais: azaléias, bananeiras de jardim, chifleras, crótons, dracenas, fícus, girassóis, hibiscos, hortências, margaridas, onze horas, pingo de ouro e três marias.

Mata Nativa: aroeira mansa, canela sassafrás, capororoqueira, figueira, figueirinha, guapuruvú, ipê amarelo, palmeira gerivá, palmeira real e timbaúba.

Aspectos Econômicos

Agricultura e Pecuária: Tramandaí possui uma zona rural: Estância Velha, lá são cultivados diversos tipos de hortaliças, frutas, mel, pequenos rebanhos de gado. A zona rural de Tramandaí é a maior produtora de grama jardim do Estado.

Indústria: pequenas indústrias privadas, micro-empresas, no setor de esquadrias, vidraçarias, móveis e confecções. Dando destaque para a “indústria sem chaminé”, o turismo.

O comércio de Tramandaí é bem diversificado, com lojas de confecção, calçados, artesanatos, perfumaria, jogos eletrônicos, imobiliárias, restaurantes, postos de combustíveis, mercados, etc.

Comentários

Deixe um comentário