Como cuidar de piercings e tatuagens – Por Natália Fernandes

dezembro 17, 2012, 7:02 pm

compartilhe
compartilhe

A dermatologista Anelisa Baungartner Lamberti dá dicas para uma boa cicatrização e como evitar infecções, o que inclui o uso de pomadas antibióticas.

Tatuagens e piercings expressam no corpo momentos de rebeldia, estilo, lembranças, juventude e liberdade, entre outros significados. Para realizar essas intervenções na pele, porém, é preciso ter alguns cuidados, que, se não observados, especialmente nos primeiros dias, podem acarretar alergias e infecções, prejudicando a cicatrização da tatuagem ou piercing, podendo até interferir no resultado final.

“Os riscos são muitos e, por isso, é preciso se preocupar com os detalhes, como a escolha do local onde será feita a aplicação e do profissional habilitado. Verificar a higiene do local, conferir se o espaço conta com a aprovação de órgãos fiscalizadores e só utiliza instrumentos esterilizados, são cuidados que podem reduzir a exposição ao risco de alguma doença ou infecção”, afirma a Dra. Anelisa Baungartner Lamberti, dermatologista membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e American Academy of Dermatology (CRM 53414).

Tanto para o piercing quanto para a tatuagem, é importante questionar e exigir o uso de agulhas estéreis e descartáveis. Além dos riscos do processo, existem também algumas possibilidades de alergias, quelóides e inflamações após a realização dos procedimentos. “Pessoas que apresentam baixa imunidade, tendência a apresentar quelóides, portadores de doenças autoimunes, pacientes em tratamento de quimioterapia ou gestantes devem descartar a possibilidade de fazer piercings e tatuagens”, afirma a dermatologista.

“O piercing e a tatuagem são identificados como corpos estranhos pela pele, podendo ser rejeitados pelo organismo”, completa a dermatologista.

Além dos riscos à saúde, existem também aspectos psicológicos que devem ser levados em conta. “É importante refletir antes de definir o local e o desenho escolhidos para a tatuagem, bem como a peça que será aplicada no piercing, uma vez que ficarão para sempre registrados no corpo da pessoa”, argumenta a especialista.

Para minimizar os riscos de complicações e obter uma cicatrização saudável, Dra. Anelisa Baungartner Lamberti seleciona algumas dicas para as pessoas que desejam aplicar um piercing ou fazer uma tatuagem.

Confira algumas dicas de Nebacetin para cuidar de piercings e tatuagens:

 

Cuidados Básicos com as tatuagens:

 

  • Manter a tatuagem sempre limpa: é importante lavar o local com água fria ou morna e usar sabão neutro, sem esfregar a região. Evitar água muito quente e banhos muito demorados e, na sequência enxugar bem o local com toalha macia. Sobre as tatuagens, o ideal é passar uma camada fina de pomada antibiótica, à base de Neomicina+Bacitracina, sempre com orientação médica.
  • Evitar exposição ao sol: manter a área recém-tatuada longe do sol. É importante proteger a área com roupas e usar protetor solar. O sol pode deixar manchas indesejáveis.
  • Fazer curativo: o recomendado é deixar a tatuagem protegida durante os três ou quatro primeiros dias. Após esse período, o ideal é apenas passar uma pomada antibiótica, à base de Neomicina+Bacitracina, sempre com orientação médica, até que o processo de cicatrização esteja completo.
  • Não retirar as casquinhas: Não friccionar o local nem remover as casquinhas, deixando que caiam naturalmente.
  • Hidratar a região tatuada: aplicar um hidratante neutro várias vezes ao dia na pele que está se recuperando.

 

Cuidados Básicos com os piercings (exceto na região da boca):

 

  • Manter o piercing sempre limpo: lavar o local com sabonete antisséptico, movendo suavemente a peça e depois usar um spray antisséptico como Neba-Sept,ou soro fisiológico, duas ou três vezes ao dia, durante ao menos três meses.
  • Não retirar as casquinhas: as casquinhas vão cair naturalmente durante o processo de higienização do local; lavar com sabonete e secar bem com cotonete. Não remover casquinhas mesmo quando elas estiverem secas, pois isso pode prejudicar o processo de cicatrização.
  • Dicas para uma boa cicatrização: Evitar banhos de mar ou piscina e sauna nos primeiros meses e não tocar no piercing sem necessidade. Além disso, evitar peças pesadas que podem com o tempo alargar o orifício e mesmo rasgar a pele.

 

Sobre Nebacetin®

Nebacetin®, do laboratório farmacêutico Takeda, oferece opções seguras e eficazes para tratamento de ferimentos na pele. Neba-Sept®, composto pela substância digluconato de clorexidina 1%, é um antisséptico tópico que combate rapidamente as bactérias, ajudando a desinfetar e tratar feridas cutâneas superficiais de pequena extensão. A pomada Nebacetin®,composta pelas substâncias bacitracina zincica e sulfato de neomicina, que possuem ação antibiótica, é indicadapara o tratamento de infecções da pele e/ou de mucosas, causadas por diferentes bactériasapós ferimentos, cortes (inclusive de cirurgias) e queimaduras pequenas.Mais informações sobre a marca e a bula dos produtos estão disponíveis no sitewww.nycomed.com.br

 

NEBACETIN® E NEBA-SEPT® SÃO MEDICAMENTOS. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. NEBACETIN® Registro MS – 1.0639.0252. NEBA-SEPT® MEDICAMENTO DE NOTIFICAÇÃO SIMPLIFICADA, RDC Nº199/2006. AFE Nº 1.00639.8.  SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Dezembro/2012

 

 

Informações sobre a Takeda Brasil

Com sede administrativa localizada em São Paulo e fábrica em Jaguariúna, a Takeda Brasil é uma companhia global japonesa orientada para pesquisas, com foco principal em produtos farmacêuticos. Presente em mais de 70 países, ocupa o 12º lugar no ranking das companhias farmacêuticas globais. A Takeda tem presença consolidada no mercado brasileiro, fabricando e comercializando mais de 40 produtos, distribuídos entre as linhas de prescrição médica (Rx), uso hospitalar e medicamentos isentos de prescrição (OTC), como Neosaldina® (analgésico), Eparema® (digestivo), Nebacetin® (antibactericida), entre outros.

Em julho de 2012, a unidade brasileira anunciou a compra do laboratório Multilab, aumentando o portfólio de produtos e consolidando seu posicionamento no mercado nacional como uma das 10 maiores farmacêuticas do país.  As duas marcas (Takeda e Multilab) serão mantidas e o grupo passa a ter no Brasil cerca de 1.800 colaboradores, operando com duas fábricas, em Jaguariúna(SP) e em São Jerônimo (RS).

Mais informações sobre a Takeda Brasil no site corporativo da empresahttp://www.nycomed.com/br/

Comentários

Deixe um comentário